sábado, 29 de janeiro de 2011

TRAUMA ACÚSTICO

por Francisco "Kiko" Paiva
FORMAÇÕES:
1995/1996 - Kiko baixo - Kid vocal - Alisson guitarra - Marquinhos bateria
1996/1998 - Kiko guitarra - Kid vocal - Agnaldo baixo - Marquinhos bateria
1998/2000 - Kiko guitarra - Kid vocal - Ivan baixo - Lelé bateria

INICIO: Em 1995, o Bar do POTIGUÁ, Rua Recife, 34, era considerado por muitos um autêntico boteco rock'n'roll, como muitas outras bandas que ali se formaram o TRAUMA ACÚSTICO teve seu inicio neste local, entre um gole e outro de cerveja, ficavámos planejando nossa própria banda. Eu o Kid e o Alisson, já tinhamos a pira de ter uma banda de grindcore; encontravámos nos finais de semana, no Potiguá, cada um levava sua própria fita K7 com as músicas favoritas para ouvir, era só chegar e colocar a fita na fila de espera, e em uma destas esperas, conhecemos o Marquinhos, baterista, depois de muitas cervejas e ouvir muitas "fitas", marcamos o PRIMEIRO ENSAIO.

ENSAIOS: O estúdio era na casa do Marquinhos, onde já ensaiava o ROTTEN ANGER, tocávamos covers de várias bandas hardcore aquelas que tinhamos como as favoritas: OLHO SECO, EXTREME NOISE TERROR, DOOM, isso até a gente começar a produzir nossas próprias músicas.

GRAVAÇÕES: Em 1996, gravamos a primeira, DEMO TAPE, no estúdio TINO SOM, era um estúdio totalmente analógico, gravamos e mixamos em um GRAVADOR DE ROLO, o som ficou muito bom, foi uma experiência de loucura e expectativa, por ser a primeira gravação e a realização de um trabalho, após um longo período de ensaios. Em 1997 gravamos nosso primeiro LP, um vinil split, GOODBYE TO INOCENCE com a banda Japonesa UNHOLY GRAVE, as gravações e mixagem foram feitas no estúdio GARAGEM HERMETICA, e a distribuição foi feita pelo ABSURD records, em 2000 lançamos o EP, ONE MORE BEAUTIFUL BANKET FOR DE WORMS, depois do lançamento, cada um decidiu seguir caminhos diferentes, fazer outros projetos e assim dar um tempo com a banda. No ano de 2001, resolvemos voltar com outra formação: Kid vocal, Lelé bateria, Cebola guitarra e Gustavo no baixo, depois de alguns shows com esta formação, não demorou e resolvemos parar com a banda.

SHOWS: Foram seis anos de Trauma Acústico tivemos a oportunidade de tocar com várias bandas, mas o show que realmente ficou marcado foi no FESTIVAL na ULES em 20/09/1997, com participação de nomes conhecidos do grindcore nacional, ABUSO SONORO; SUB CUT; ROT; e a banda alemã ENTRAILS MASSACRE, tocou para fechar o massacre sonoro que foi este festival, tudo organizado por CIBIÉ produções, nunca assisti estas imagens, agora vou ter a oportunidade de recordar.

ULES - 20/09/1997
Acervo - Valquir Fedri



ULES - 20/09/1997
Acervo: Valquir Fedri

Foto: formação 1996/98 - Kid vocal - Agnaldo baixo - Marquinhos bateria - Kiko guitarra
Local: Gustavo's Bar hoje Bar do Potiguá - Av Celso Garcia Cid - Centro.

agradecimentos:
Regina Fedri - pela edição do texto
Juan Diaz - pela digitalização dos videos.

2 comentários: